traga-seu-evento

sugira-programacao1

topo_menu
Acompanhe Aqui:
Programação cultural da Maré e do Museu

O Museu da Maré na 23ª Conferência Geral do ICOM
O Museu da Maré na 23ª Conferência Geral do ICOM
Em meio a consecutivos protestos por uma cidade que ofereça mais cidadania para os seus moradores e depois de aglutinar milhões de pessoas para a realização da Jornada Mundial da Juventude, o Rio de Janeiro, cidade escolhida para sediar a conferência do ICOM, não poderia ter sido um momento melhor para receber milhares de profissionais da museologia mundial, visando a discussão sobre a atuação dos museus e as suas funções.

Entre os dias 10 e 17 de agosto o Rio foi solo fértil para se discutir e aprofundar a vivência de profissionais de museus pautando-se no tema “Museu (Memória + Criatividade) = Mudança Social”. Um tema atualíssimo e que faz jus à cidade onde brotaram inúmeras experiências no campo da museologia e memória social.

O Museu da Maré, uma construção do Centro de Estudos e Ações Solidárias da Maré (CEASM) é uma dessas experiências de museologia e memória social. Criado em 2006, o Museu se constituiu como concretização de um longo processo de reflexão e ação, iniciado em 1989, em prol da preservação e divulgação da história local. As nossas motivações iniciais continuam pautadas na valorização do território por parte dos seus moradores, nas suas experiências e seu protagonismo na constituição da cidade, a partir da favela.

Essa trajetória do Museu motivou o recebimento de prêmios importantes da cultura brasileira, como a Medalha de Honra ao Mérito Cultural/Presidência da República, prêmio Rodrigo de Melo Franco de Andrade/IPHAN, prêmio de reconhecimento pela contribuição à museologia brasileira no Ano Nacional dos Museus/DEMU (atual IBRAM), prêmio Cultura Viva na categoria de Tecnologia Social/SCC-MinC e a Medalha Pedro Ernesto/Câmera de Vereadores da Cidade do Rio de Janeiro.

A criação do Programa Pontos de Memória do Ibram em 2009, tendo a experiência do Museu da Maré como um dos seus motivadores, consolidou uma de nossas missões: o espraiamento de museus e centros de memórias nas favelas e povoados de todo o Brasil, a partir da percepção da museologia e memória social como uma das ferramenta para as mudanças sociais necessárias.

Com uma contribuição singela, mas estratégica no processo para receber a Conferência, o Museu da Maré foi um dos quatros Museus da Cidade visitados pelo comitê de avaliação para a escolha da cidade sede. Visita que muito nos honrou e nos evidenciou a importância da museologia e memória social em nossas ações no processo dialógico e transformador.

Em paralelo a extensa e intensa programação da Conferência, o Museu da Maré recebeu oficinas, vivências e visitas de alguns dos diversos comitês vinculados ao ICOM antes e durante à conferência conforme a nossa programação abaixo:

MINOM – Movimento Internacional para uma Nova Museologia
09/08 - 14h - XV Conferência Internacional do MINOM - Museu (Memória+Criatividade) = Mudança Social - Visita, debate e discussão de Grupos de Trabalhos

Comitê Internacional de Museus Etnográficos
15/08 - 14h - Visita Técnica
Comitê Internacional para a Coleta e Coleções
15/08 – a partir das 10h - Visita e Oficinas: Memória como Patrimônio Intangível

Museu da Maré
Av. Guilherme Maxwell, 26 – Maré
Rio de Janeiro – RJ
Tel.: (21) 3868-6748
E-mail: Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.
www.museudamare.org.br