traga-seu-evento

sugira-programacao1

topo_menu
Acompanhe Aqui:
Programação cultural da Maré e do Museu

Festival Globale Rio no Museu da Maré
O Globale Rio na sua terceira edição encontra uma nova parceria, num local de fácil acesso, e com trajetória que já comemora sete anos.
O Museu da Maré que recentemente homenageou diversos moradores e parceiros, e ainda em novembro reabre oficialmente sua exposição de longa duração (anota aí: 23 de novembro), recebe com grande satisfação o festival Globale pela primeira vez.
O conceito “globale” surgiu em Berlim, em 2003, e hoje está presente em seis cidades na Europa e América Latina, incluindo o Rio de Janeiro, onde é organizado, desde 2011, por um coletivo heterogêneo, sempre aberto à participação do público.
Sinopses
A composição na sessão no Museu da Maré é:
DESCOLAMENTO FORÇADO NA COLÔMBIA, de Milson Betancourt-Marta Bello, Colômbia, 2004. Documentário, 35 min. - 18 anos. Processo de riscos econômicos, sociais e políticos associados ao deslocamento forçado de camponeses e indígenas na região de Urabá.
AWARA NANE PUTANE - A HISTÓRIA DO CIPÓ, de Antônio Sérgio de Carvalho e Souza, Brasil 2012. Animação, 23 min. - 10 anos. Animação que conta o mito de origem do uso tradicional ayahuasca e da cultura yawanawa. Realizado por meio de oficinas de desenho e contação de histórias na aldeia Nova Esperança.
Para saber mais sobre o Festival Globale Rio, acesse: http://festivalglobalerio.blogspot.com.br
Serviço:
Globale Rio no Museu da Maré
Data/Horário: Sábado, 09/11/2013, às 16h30
Entrada franca
Classificação indicativa: livre
Endereço: Avenida Guilherme Maxwell, 26 – Maré
(21) 3868 6748 Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.
www.museudamare.com.br
Indicações: Seguindo pela Avenida Brasil, entra na primeira rua antes da passarela 7 - pista da direita ao lado do Colégio Bahia. Segue direto na Av. Guilherme Maxwell que após passar o muro do quartel verá ao seu lado esquerdo a entrada do Museu da Maré.
cartaz finalpb-menor

O Globale Rio na sua terceira edição encontra uma nova parceria, num local de fácil acesso, e com trajetória que já comemora sete anos.
 
O Museu da Maré que recentemente homenageou diversos moradores e parceiros, e ainda em novembro reabre oficialmente sua exposição de longa duração (anota aí: 23 de novembro), recebe com grande satisfação o festival Globale pela primeira vez.
O conceito “globale” surgiu em Berlim, em 2003, e hoje está presente em seis cidades na Europa e América Latina, incluindo o Rio de Janeiro, onde é organizado, desde 2011, por um coletivo heterogêneo, sempre aberto à participação do público.


Sinopses

A composição na sessão no Museu da Maré é:

DESCOLAMENTO FORÇADO NA COLÔMBIA, de Milson Betancourt-Marta Bello, Colômbia, 2004. Documentário, 35 min. - 18 anos. Processo de riscos econômicos, sociais e políticos associados ao deslocamento forçado de camponeses e indígenas na região de Urabá.

AWARA NANE PUTANE - A HISTÓRIA DO CIPÓ, de Antônio Sérgio de Carvalho e Souza, Brasil 2012. Animação, 23 min. - 10 anos. Animação que conta o mito de origem do uso tradicional ayahuasca e da cultura yawanawa. Realizado por meio de oficinas de desenho e contação de histórias na aldeia Nova Esperança.

Data/Horário: Sábado, 09/11/2013, às 16h30 | Entrada franca

Classificação indicativa: livre
 
Para saber mais sobre o Festival Globale Rio, acesse: http://festivalglobalerio.blogspot.com.br



Museu da Maré
Av. Guilherme Maxwell, 26 – Maré
(21) 3868-6748 | Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.  | www.museudamare.org.br
Pela Av. Brasil, sentido Zona Oeste: entrar na 1ª rua à direita após o quartel do Exército (CPOR) – passarela 7Pela Linha Vermelha, sentido Baixada: pegar o acesso para a Cidade Universitária e seguir pela ponte que liga a ilha do Fundão à Linha Amarela sentido Barra da Tijuca; entrar na 1ª rua à direita após a ponte.